fbpx

Levando o pet para o Canadá!

Share

Se você possui um cachorro ou gato e quer levá-lo para o Canadá com você, mas não sabe por onde começar, vou contar um pouco da nossa experiência que foi trazer um beagle de 1,5 ano do interior do Rio Grande do Norte, pra Kitchener, ON.

O processo é relativamente simples, porém requer muito planejamento. Além disso, incluir o pet no plano Canadá desde o início é essencial para o bem-estar do seu bichinho de quatro patas, uma vez que exige reserva financeira, treinamento e prazos que devem ser cumpridos antes do animal embarcar para essa grande aventura nas terras geladas desse incrível país.

Bom, primeiramente existem duas possibilidades de levar o seu bichinho: você mesmo levando seu animal, ou através de uma empresa que oferece o serviço de pet travel. Existem muitas empresas reconhecidas que fazem o transporte de animal para outros países, porém os custos são elevados e muitas vezes não estão dentro do orçamento de quem está começando uma vida nova em outro país.

Lembrando que ainda existe a opção de trazer o seu animal como suporte emocional, e ele pode embarcar na cabine com você independente do peso. Mas você precisa apresentar toda sua documentação comprovando a necessidade e precisa ainda verificar quais companhias aéreas aceitam esse serviço.

Nós optamos por trazer nosso cachorro nós mesmos, sendo necessário que pelo menos um passageiro fosse responsável por ele. Fazendo isso conseguimos economizar muito. Os passos começaram bem antes do momento do embarque:

PASSO A PASSO

– Treinamento no kennel

O planejamento de levar o seu filho de quatro patas deve ser iniciado na adaptação do bichinho no kennel ou na caixa flexível.  Cada companhia aérea possui suas próprias regras de transporte de carga viva, seja despachado ou seja na cabine. As regras vão variar dependendo da raça do cachorro e do peso dele. Então a primeira coisa que você deve fazer é verificar se o seu animal será despachado ou se poderá ser transportado na cabine junto com você. Geralmente, as companhias exigem que se o peso do animal somado ao peso do kennel for maior que 10 kg, ele deve ir no compartimento de bagagens, caso contrário ele pode ir com você na cabine, dentro da bolsa flexível.

Todas as dimensões relacionadas as caixas de transportes estarão especificadas no site da companhia aérea, e lembrem-se que investir numa caixa de transporte boa e segura vai proporcionar bem-estar ao seu animal durante o trajeto aéreo.

Dica: a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA – International Air Transport Association) faz a certificação de produtos que atendem as exigências das companhias aéreas para os animais que são despachados.

No nosso caso, Chopp pesa 18 kg e a sua caixa 10 kg. Portanto, tivemos que despachá-lo.

– Comprar a passagem pelo telefone e comprar trechos separados

Se você pretende levar o seu pet para o Canadá, é importante fazer a reserva do seu bichinho no mesmo momento que você compra a sua passagem. Além disso, é necessário comprar as passagens em trechos separados, uma vez que as regras mudam de empresa para empresa. No nosso caso, compramos a passagem internacional (GRU – Toronto) pelo telefone e adicionamos o pet no mesmo ato da compra. Depois, fizemos a mesma coisa com o trecho nacional (Fortaleza – GRU), ligamos, compramos nossas passagens e adicionamos nosso pet.

Os valores do trecho nacional ficaram em torno de R$850,00 para o nosso cachorro – esse valor foi pago no momento da compra da nossa passagem – e de U$270 para o trecho internacional, que só foi pago no momento do check in em São Paulo.

Link da gol: https://www.voegol.com.br/servicos-gol/viajando-com-animais-de-estimacao

Link da air canada: https://www.aircanada.com/ca/en/aco/home/plan/specialassistance/pets.html#/

– Vacinação em dia

Esse passo é muito importante pois é relacionada a saúde do seu animalzinho, e para entrada no Canadá o animal deve estar vacinado contra a raiva entre um ano e 30 dias antes da viagem. Ou seja, não deixe para vacinar seu pet nos últimos momentos. Leve-o ao veterinário, faça um check up e deixe todas as vacinas em dias. Além disso, é importante verificar quais as exigências relacionadas a cidade que você irá morar no Canadá. Por exemplo, algumas cidades exigem que o animal esteja microchipado. No nosso caso, não precisamos colocar o  microchip.

– documento CVI

Animal vacinado, passagens compradas e reserva do animal feita, o próximo passo é organizar a documentação para embarque do pet. O Certificado Veterinário Internacional, (CVI), é um documento emitido pelo Ministério da Agricultura comprovando que a saúde do seu pet está em boas condições. O CVI é gerado no portal gov.br e já vem em inglês, mas você precisa ficar atento aos passos necessários:

– Você deve agendar uma data para atendimento na unidade mais próxima da VIGIAGRO para que o CVI seja assinado. No nosso caso, ligamos com 1 mês de antecedência para a unidade de Fortaleza e marcamos uma data próxima a viagem (em torno de 5 dias antes do embarque).

Nesta etapa, um auditor fiscal irá assinar o documento que você gerou previamente. FIQUE ATENTO! Essa assinatura é MUITO IMPORTANTE. No aeroporto de Guarulhos existe uma unidade da VIGIAGRO, mas só funciona em dias úteis e em horários definidos. Por isso, não deixe para última hora. Esse documento foi cobrado no momento do check in na air canada (trecho internacional).

– O CVI tem validade de 10 dias, ou seja, você deve entrar no gov.br entre 10 dias antes da sua viagem internacional, e preencher os dados do seu bichinho. Nessa etapa eles pediram a carteira de vacinação, raça, peso, e responsável pelo animal, que deve ser a mesma pessoa a qual a reserva aérea do cachorro/gato foi atrelada.

– Após preencher todos os dados, o site do gov.be gera um documento chamado de Atestado de Saúde (AS-1), onde você deve imprimir, levar para que seu veterinário preencha os dados dele e da clínica. Após o preenchimento, você deve voltar ao site do gov.br e faz o upload do AS-1 assinado e carimbado pelo vet. Esse documento é em português e foi apresentado junto a gol, antes do embarque do trecho nacional.

– Após essa etapa, o seu atestado será analisado e em torno de 24 horas, o CVI é gerado. Você deve imprimir o CVI, e ir até a unidade da VIGIAGRO pessoalmente para “chancelar” este documento. Nesse dia, não há necessidade de levar o pet. PRONTO, agora a documentação do seu pet está completa!

No dia levamos esses três documentos:

– carteira de vacinação original

– atestado de saúde

– CVI assinado

Link: <https://www.gov.br/pt-br/servicos/solicitar-certificado-veterinario-internacional-para-viajar-com-seu-cao-ou-gato-para-o-canada>

– dia do embarque trecho nacional

Uma semana antes de embarcar, você pode ligar para confirmar se está tudo ok com a reserva do seu animal. Chegar cedo no check in é crucial, uma vez que eles vão analisar se a caixa está de acordo com o exigido, se o peso e documentação estão ok. Além disso, você pode colocar uma garrafa de água acoplada a caixa, mas comida NÃO PODE.

No nosso caso, o primeiro trecho teve três horas de duração, chegamos com 4 horas de antecedência do voo para que não houvesse nenhum imprevisto. Caso você entenda que seja necessário ministrar algum calmante, é importante verificar junto ao seu veterinário e com a companhia aérea (algumas não aceitam que o animal esteja sedado).

A chegada em Guarulhos foi muito tranquila. Decidimos colocar um cobertor dele na caixa de transporte, e ele chegou super animado em São Paulo. Como nosso voo internacional era no dia seguinte, ficamos uma noite no hotel ibis de Guarulhos. Para nós, valeu a pena pagar uma noite no hotel, uma vez que conseguimos descansar para poder seguir viagem para Toronto. A taxa cobrada pelo hotel pelo cachorro foi de R$50,00 e o transfer aeroporto-hotel foi gratuito.

– trecho internacional

No trecho internacional também é recomendado chegar bem cedo, uma vez que seu animal vai ser pesado novamente, a caixa e documentação serão verificados e você vai pagar a “passagem” dele nesse momento.

Chegamos com 5 horas de antecedência do voo, fizemos o checkin, despachamos as malas e Chopp pode ficar conosco até 1 hora antes do embarque. Nesse tempo, conseguimos ficar com ele em uma área verde que existe no terminal 03 do aeroporto de Guarulhos. Esse momento foi bem importante, porque ele pode brincar, comer, fazer as necessidades e relaxar um pouco antes da grande jornada. A duração do trecho internacional foi de 15 horas (houve atraso). Assim que entramos no avião, fizemos questão de confirmar se o cachorro havia embarcado e a aeromoça confirmou que sim.

– chegada no Canadá

Chegamos no Canadá, e agora? Após passar pela imigração, você é direcionado para a retirada das bagagens. O Animal não fica te esperando na esteira junto com as malas, e sim em uma sala especial para bagagens especiais. Chegamos lá e nosso cachorrinho estava dormindo feito um anjo dentro do kennel (que alívio). Pegamos ele e fomos direto para a declaração de itens especiais antes de sair do aeroporto. Nesse momento, os agentes irão verificar seu animal, os documentos dele (carteira de vacinação e CVI), e você precisa pagar uma taxa de $35,00 (pagamos em cash) para poder ser liberado. E depois de dois dias de viagem, chegamos finalmente em Toronto! Ufa.

Dica: A comunidade do facebook Pet Brazucas no Canada é maravilhosa e você pode encontrar muita informação relevante para o cuidado do seu bichinho no Canadá.

<https://www.facebook.com/groups/PetsBrazucasNoCanada/about/>

Antes de embarcar no aeroporto de fortaleza

Dormindo no hotel em Guarulhos

No transfer do hotel

Embarcando para Toronto

Chegada no Canadá

Curtindo a graminha canadense

Share

KLAPS IMMIGRATION CONSULTING INC.

KLAPS IMMIGRATION CONSULTING INC.

With highly qualified professionals and personalized service, our mission is to help our clients achieve their goal of studying, visiting, working or immigrating to Canada! With highly qualified professionals and personalized service, our mission is to help our clients achieve their goal of studying, visiting, working or immigrating to Canada!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Receive the latest news about canada in your email!

Fill in your details below and receive in your email the latest news about Immigration to Canada, Express Entry, News from our Blog and much more

en_CAEnglish (Canada)